Entre os textos de "Memorial do Convento"

Main Article Content

Ivo Diogo Alves Nuno Filpe Pedro Fernandes Luísa Diz Lopes

Resumo

Este artigo aborda o fenómeno da intertextualidade com Memorial do Convento, de José Saramago. Depois da explicitação do conceito e de uma síntese da sua evolução, segue-se uma breve contextualização da obra, com referência à sua dimensão crítica e às quatro linhas de ação que nela se desenvolvem. Posteriormente, procede-se à análise do conceito “Intertextualidade” que permitirá concluir que todas as definições convergem para a ideia de que todo o texto é a representação de textos anteriores e que é ponto de partida para a abordagem da obra Memorial do Convento à luz deste conceito. Esta leitura intertextual permitiu concluir que entre as inúmeras relações que a obra estabelece com outros textos, se destacam Camões, António Vieira, Fernando Pessoa e o povo. Assim, poderá concluir-se que Memorial do Convento se apresenta como um incontornável exemplo no que toca à análise do fenómeno intertextual

Article Details

Como citar
ALVES, Ivo Diogo; FERNANDES, Nuno Filpe Pedro; LOPES, Luísa Diz. Entre os textos de "Memorial do Convento". adolesCiência, [S.l.], v. 2, n. 1, p. 13-20, sep. 2013. ISSN 2182-6277. Disponível em: <https://www.adolesciencia.ipb.pt/index.php/adolesciencia/article/view/135>. Acesso em: 08 dec. 2019.
Palavras-chave
Memorial do Convento, intertextualidade, intertexto
Secção
Investigação & Práticas