Estudo de caso com base em inquérito sobre tradução e localização no distrito de Bragança

Main Article Content

Madalina Stamate Vitor Gonçalves

Resumo

O Instituto Politécnico de Bragança (IPB), através do Mestrado de Tradução, oferecido pela Escola Superior de Educação, contribui significativamente para o desenvolvimento económico-social e linguístico do distrito de Bragança, nomeadamente no que diz respeito à tradução e localização de produtos e conteúdos para o nordeste transmontano ou mesmo para outras regiões ou países. Nesta escola funciona também um centro de línguas, onde estão a decorrer cursos de línguas (inglês, francês, espanhol, alemão e português) para os alunos do IPB e público externo, sendo-lhes atribuído um diploma, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas, do Conselho da Europa. No Centro de Línguas, funciona ainda o Gabinete de Tradução, que realiza traduções dos certificados de habilitações dos alunos, artigos científicos, resumos de dissertações e teses, livros, guias, brochuras, entre outros documentos. O objetivo deste trabalho foi estudar o mercado da tradução e localização no distrito de Bragança, no sentido de averiguar a existência de empresas de tradução ou tradutores autónomos, os serviços que prestam e os pares linguísticos envolvidos, assim como o tipo de tradutores que realizaram e realizam estes trabalhos, auscultando se são atuais ou antigos alunos do Mestrado de Tradução do IPB ou de outros cursos. O presente estudo de caso baseou-se essencialmente em inquéritos realizados a tradutores autónomos, sugeridos pelos professores do Mestrado de Tradução ou detetados através de grupos nas redes sociais.
Palavras-chave: GILT, tradução, localização, serviços de tradução e localização

Article Details

Como citar
STAMATE, Madalina; GONÇALVES, Vitor. Estudo de caso com base em inquérito sobre tradução e localização no distrito de Bragança. adolesCiência, [S.l.], v. 5, n. 1, p. 56-62, nov. 2018. ISSN 2182-6277. Disponível em: <https://www.adolesciencia.ipb.pt/index.php/adolesciencia/article/view/231>. Acesso em: 10 dec. 2018.
Secção
Investigação & Práticas