Hábitos alimentares de alunos de duas escolas públicas do ensino básico e secundário do distrito do Porto

Main Article Content

António Fernandes Vera Ferro Lebres

Resumo

O objetivo deste trabalho de investigação é avaliar os hábitos alimentares de alunos de duas escolas públicas do norte de Portugal e, em particular, as diferenças entre os consumos durante a semana e o fim de semana. Para isso, desenvolveu-se um estudo observacional, quantitativo, analítico e transversal. Os dados foram recolhidos com recurso a um diário alimentar de três dias, dois dias da semana e um do fim de semana aplicado a uma amostra por conveniência de 319 alunos. A comparação dos hábitos alimentares entre a semana e o fim de semana recorreu a uma análise estatística com aplicação de testes de localização, nomeadamente, Teste T-Student, Teste de Wilcoxon e Teste do Sinal, utilizando o software estatístico Statistical Package for the Social Sciences, versão 20. Constatou-se um consumo significativamente superior de fruta (p-value = 0,002), hortícolas (p-value = 0,000), leguminosas (p-value = 0,000), lacticínios (p-value = 0,000) e gorduras monoinsaturadas (p-value = 0,020) durante a semana, enquanto no fim de semana se observou um consumo significativamente superior de bebidas açucaradas (p-value = 0,000). Verificou-se que o consumo de energia, fibra dietética, cálcio e ferro, assim como de todas as porções de alimentos era significativamente inferior relativamente às recomendações, e o consumo de carne, peixe e ovos era significativamente superior às recomendações, tanto durante a semana como durante o fim de semana. O padrão de alimentação dos alunos era mais saudável durante a semana do que no fim de semana.
Palavras-chave: Hábitos alimentares, diário alimentar, adolescentes, Portugal

Article Details

Como citar
FERNANDES, António; LEBRES, Vera Ferro. Hábitos alimentares de alunos de duas escolas públicas do ensino básico e secundário do distrito do Porto. adolesCiência, [S.l.], v. 5, n. 1, p. 33-42, nov. 2018. ISSN 2182-6277. Disponível em: <https://www.adolesciencia.ipb.pt/index.php/adolesciencia/article/view/247>. Acesso em: 10 dec. 2018.
Secção
Investigação & Práticas